Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Sintaxe » Concordância do verbo ser

Sintaxe

Texto:
por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Concordância do verbo ser








A concordância do verbo “ser” se encontra relacionada a pressupostos específicos
A concordância do verbo “ser” se encontra relacionada a pressupostos específicos

Entre aqueles conhecidos verbos, aos quais podemos atribuir um estudo particular, figura-se o verbo ser, sobretudo no que diz respeito à concordância. Dessa forma, tendo em vista o princípio que rege tal fato linguístico (demarcado pelo fato de o verbo concordar com o sujeito), no que tange ao verbo em questão, muitas vezes a concordância se dá com o predicativo. Em outras, podemos constatar a permutação, ou seja, ora a concordância pode se dar com o sujeito, ora com o predicativo.  

Em face dessa realidade, ocupemo-nos em conhecer os pressupostos que norteiam tal ocorrência linguística, manifestados pelos casos em questão:

# Em se tratando de casos em que o sujeito é representado por “tudo, isso, isto, aquilo”, a concordância do verbo “ser” normalmente se efetiva com o predicativo expresso no plural. Exemplos? Observe:

Tudo são flores.
Aquilo eram fantasias cultivadas.
Isso são desencantos passageiros.

# Nos casos em que o sujeito ou o predicativo é constituído por um pronome pessoal ou nome de pessoa, a concordância se dará com a pessoa gramatical. Atentemo-nos a alguns casos:

A esperança somos nós.    
Beatriz era só alegria.

# Fazendo referência ao dia do mês, o verbo “ser” admite duas construções:

Hoje é dia quatro de março.
Hoje são quatro de março.

# Nos casos em que o sujeito ou predicativo for representado por coisa, bem como se um sujeito ou predicativo se encontrar no singular e outro (sujeito ou predicativo) no plural, a concordância do verbo “ser” se dará no plural. Constatemos alguns exemplos:

Os filhossão o meu tesouro.

# Nas expressões indicativas de quantidade (medida, peso, preço, valor) o verbo “ser” se torna invariável. Exemplos:

Mil reais é pouco para saldar todas as pendências.
Cinco horas de estudo é pouco para quem deseja êxito.

 # Nos casos relacionados à indicação de tempo, o verbo “ser” concorda com a expressão numérica mais próxima. Vejamos:

São três horas agora.
é uma hora.