Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Sintaxe » O uso da crase na indicação de horas – dicas relevantes

Sintaxe

Texto:
por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

O uso da crase na indicação de horas – dicas relevantes









Tal ocorrência linguística perfaz-se de aspectos específicos

 

O uso da crase, sem dúvida, representa um dos entraves que acometem um grande número de usuários do sistema linguístico. Contudo, vale dizer que esse bicho “monstruoso”, aos poucos vai se redefinindo e adquirindo novas concepções mediante o desenvolvimento de determinadas habilidades, como, por exemplo, a prática constante da leitura.

Nesse ínterim, o que se encontra em jogo é o que chamamos de memória visual, pois ao estabelecermos contato com esta ou aquela palavra, passamos a internalizá-la, tendo em vista todos os seus aspectos, sobretudo no que tange à ortografia. Nesse sentido, nada que algumas dicas também não representem um valioso benefício, não é verdade? Para tanto, façamos primeiramente uma breve retomada acerca do conceito de crase e, em seguida, nesse estudo, priorizaremos o uso dela em se tratando da indicação de horas.

Sabemos que a CRASE é a fusão do artigo feminino “a”, ou seja, manifesta-se sempre nas palavras que o admitem, mais a preposição “a”, isto é, se o termo regente (o nome ou o verbo) exige complemento preposicionado. Tal fusão pode também se dar com os pronomes demonstrativos “aquele(s)”, “aquela(s)” e “aquilo”.

Em termos gerais, recomenda-se utilizar crase antes das locuções femininas, sejam essas prepositivas (à espera de...), conjuntivas (à proporção que, à medida que...) ou adverbiais (às vezes, à noite...). Assim sendo, integrando essas últimas está a indicação de horas, representadas por:

Saímos às 20h;

Chegamos às 2h;

Ela viajará às 19h50, entre outros exemplos.

Constatamos, portanto, que se trata da indicação exata das horas. Nesse caso, recomenda-se o uso da preposição “a”.

Contudo, há que ressaltar que nem sempre esse uso (o da preposição “a”) é frequente, pois pode ocorrer o uso de outra preposição, tais como as demontradas nos exemplos subsequentes:

Eles chegaram após as 18h30.

Estamos aqui desde as 20h.

A companhia energética avisa que faltará energia entre as 12h e as 14h.

A conferência está marcada para as 15h.

Mediante tal ocorrência (uma vez que as preposições se encontram demarcadas), o emprego da crase é desnecessário.