Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Sintaxe » Termos ligados ao nome e Termos ligados ao verbo

Sintaxe

Texto:
por: Equipe Português.com.br

Termos ligados ao nome e Termos ligados ao verbo








Existem alguns termos que se ligam aos nomes. São eles:

Adjunto adnominal
Complemento nominal
Predicativo
Aposto

Adjunto adnominal

É o termo que se liga a um nome ou palavra substantivada para qualificá-lo ou determiná-lo. É expresso geralmente por um adjetivo, locução adjetiva, artigo, pronome ou numeral.

Ex.: "Neste Natal, estimule a criatividade de seus alunos". (Revista Nova Escola, 11/00)


Complemento nominal

É o termo da oração exigido como complementação de alguns nomes (substantivos, adjetivos ou advérbios). Geralmente é regido de preposição.

Ex.: "A criança tinha necessidade de brincadeiras."
Os turistas tinham disposição para a caminhada.

Predicativo

É o termo da oração que qualifica, classifica ou expressa um estado do núcleo do sujeito ou do núcleo do objeto.

Ex.: Os torcedores saíram alegres. (predicativo do sujeito)
Os torcedores consideraram o jogo fraco. (predicativo do objeto)

Aposto

É o termo da oração que resume, explica ou especifica um nome.

Ex.: "Graças ao pai da psicanálise, Sigmund Freud, a masturbação começou a ser entendida como um hábito saudável em qualquer idade, da infância à velhice." (Revista Nova Escola, 11/00)

Dicas:

O aposto geralmente vem marcado por algum tipo de pontuação: vírgula, travessão, parênteses ou dois-pontos.

Ex.: Algumas frutas - duas ou três - foram escolhidas para a exposição.


Termos ligados ao verbo

Existem alguns termos que se ligam aos verbos. São eles:

Adjunto adverbial
Agente da passiva
Objeto direto
Objeto indireto

Adjunto adverbial

É o termo da oração que se liga ao verbo, adjetivo ou advérbio para indicar uma circunstância (tempo, lugar, modo, intensidade, negação, finalidade...).

Ex.: "Na escola, fala-se muito pouco sobre o que as crianças pensam espontaneamente". (Revista Nova Escola, 11/00)
Circunstância de lugar.

"Depois de refletir, uma menina ergueu a mão". (Revista Nova Escola, 11/00)
Circunstância de tempo.

Agente da passiva

É o termo da oração que se liga ao verbo para indicar o agente da ação verbal. Sempre vem precedido de preposição.

Ex.: O abaixo-assinado foi feito pelos alunos.

Dicas:
O agente da passiva só existe quando a oração estiver na voz passiva.

Objeto direto

É o termo da oração que completa o verbo transitivo direto (VTD) sem mediação de uma preposição.

Ex.: "A prática estimula a reflexão filosófica independentemente da leitura". (Revista Nova Escola, 11/00)

Dicas:
Você sabe o que é um objeto direto preposicionado? Como não confundi-lo com um objeto indireto?

O objeto direto preposicionado completa o sentido de um verbo transitivo direto (VTD), enquanto que um objeto indireto completa o sentido de um verbo transitivo indireto (VTI). Geralmente, é usado para solucionar casos de ambiguidade de oração ou por uma questão de estilo.

Ex.: "Amou a seu pai com a mais plena grandeza da alma". (FEFASP)
amar (VTD); a seu pai (objeto direto preposicionado)

Objeto indireto

É o termo que completa o sentido de um verbo transitivo indireto (VTI) com mediação de uma preposição.

Ex.: Na formatura, ele lembrou-se da faculdade.