Você está aqui: Página Inicial » Gramática » Ortografia » Alfabeto oficial da Língua Portuguesa

Ortografia

Texto:
por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Alfabeto oficial da Língua Portuguesa








A partir de 1º de janeiro de 2009, entrou em vigor a Nova Reforma Ortográfica. Desde então, mudanças ocorreram no que se refere à acentuação gráfica, ao emprego do hífen, trema e, sobretudo, ao nosso alfabeto. Este, que antes se compunha de 23 letras, agora se compõe de 26 letras.

As letras “K”, “W” e “Y”, usadas em apenas alguns casos, oficialmente, são tidas como elementos constituintes do alfabeto pertencente à língua materna. Entretanto, quanto à função, esta continua a reger os seguintes casos:

* Utilizadas na grafia de nomes próprios, topônimos e seus respectivos derivados. Como por exemplo:

Wilson;
Washington;
Yuri;
Kátia;
Darwin – darwinismo;
Kuwait – Kuaitiano, entre outros.

* Na grafia relacionada a unidades de medida, tais como:

Km (quilômetro);
Kg (quilograma);
W (Watt), entre outras.

* Na grafia de palavras de origem estrangeira, como em:

Kit;
Show;
Player;
Playboy;
Whisky;
Yuppie;
Yang;
Kaiser, etc.

Mediante tais pressupostos, perceba como o alfabeto, graficamente, se apresenta:  

A – B – C – D – E – F – G – H – I – J – K – L – M – N – O – P – Q – R – S – T – U – V – W – X – Y – Z