Formação de palavras

Por Warley Souza

Formação de palavras permite que novos termos passem a fazer parte da língua portuguesa. Derivação e composição são exemplos desse processo.

Várias letras coloridas, próximas a objetos escolares amarelos, sobre uma branca superfície plana.
Existem diversos processos de formação de palavras.

Formação de palavras é um fenômeno linguístico caracterizado pelo surgimento de palavras novas. Assim, uma nova palavra surge dos seguintes processos de formação:

  • derivação (prefixal, sufixal, parassintética, regressiva, imprópria);

  • composição (por justaposição ou aglutinação);

  • neologismo;

  • onomatopeia;

  • hibridismo;

  • abreviação.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre estrangeirismo

Palavras primitivas e derivadas

As palavras primitivas são aquelas que não têm origem de outras palavras. Por exemplo, o termo “dente” é uma palavra primitiva, assim como “terra”, “feliz”, “leal”, “amor”, “frio” etc. Já as palavras derivadas são originadas de outras palavras. São exemplos delas: “dentista”, “enterrar”, “infeliz”, “desleal”, “amoroso”, “esfriar” etc.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são os processos de formação de palavras?

TIPO

DEFINIÇÃO

EXEMPLOS

Derivação

Formação de palavra nova com base em uma primitiva. A derivação pode ser prefixal (acréscimo de prefixo), sufixal (acréscimo de sufixo), parassintética (acréscimo de prefixo e sufixo ao mesmo tempo), regressiva (redução da palavra primitiva) ou imprópria (mudança de classe gramatical, em que, por exemplo, o adjetivo ou verbo se transforma em substantivo).

Prefixal: incapaz, rever etc.

Sufixal: sapataria, tristemente etc.

Parassintética: envergonhar, ajoelhar etc.

Regressiva: ajuda (de “ajudar”), choro (de “chorar”) etc.

Imprópria: o bom, o passado, o querer etc.

Composição

Formação de palavra nova por meio da união de dois ou mais radicais de palavras primitivas. A composição pode ser por justaposição (sem alteração das palavras originais) ou por aglutinação (com alteração de, pelo menos, uma das palavras primitivas).

Justaposição: passatempo, cor-de-rosa etc.

Aglutinação: aguardente (água ardente), embora (em boa hora) etc.

Neologismo

Criação recente de uma nova palavra ou recente atribuição de um novo sentido a uma palavra já existente.

Gato (ligação elétrica clandestina), curtir (sinalizar satisfação em rede social) etc.

Onomatopeia

Palavra originária da imitação de um som.

Miau, tique-taque, zumbir etc.

Hibridismo

Formação de palavra com base em elementos originários de línguas diferentes.

Televisão (grego e latim), burocracia (francês e grego) etc.

 

Abreviação

Formação de palavra nova por meio de um processo de redução de palavra já existente. Dessa forma, ambas podem ser utilizadas, tanto a original quanto a reduzida.

Moto (ou motocicleta), foto (ou fotografia), curta (ou curta-metragem) etc.

Veja também: Sufixos — o que podem indicar?

Exercícios resolvidos sobre formação de palavras

Questão 1

(Enem)

Carnavália

Repique tocou
O surdo escutou
E o meu corasamborim
Cuíca gemeu, será que era meu, quando ela passou por mim?
[...]

ANTUNES, A.; BROWN, C.; MONTE, M. Tribalistas, 2002 (fragmento).

No terceiro verso, o vocábulo “corasamborim”, que é a junção coração + samba + tamborim, refere-se, ao mesmo tempo, a elementos que compõem uma escola de samba e à situação emocional em que se encontra o autor da mensagem, com o coração no ritmo da percussão. Essa palavra corresponde a um(a)

A) estrangeirismo, uso de elementos linguísticos originados em outras línguas e representativos de outras culturas.

B) neologismo, criação de novos itens linguísticos pelos mecanismos que o sistema da língua disponibiliza.

C) gíria, que compõe uma linguagem originada em determinado grupo social e que pode vir a se disseminar em uma comunidade mais ampla.

D) regionalismo, por ser palavra característica de determinada área geográfica.

E) termo técnico, dado que designa elemento de área específica de atividade.

Resolução:

Alternativa B

A palavra “corasamborim” é resultado do processo de formação de palavras por aglutinação e caracteriza-se como um neologismo, já que não é assimilada pela língua portuguesa.

Questão 2

(Enem PPL)

Piraí, Piraí, Piraí
Piraí bandalargou-se um pouquinho
Piraí infoviabilizou
Os ares do município inteirinho
Com certeza a medida provocou
Um certo vento de redemoinho

Diabo de menino agora quer
Um ipod e um computador novinho
Certo é que o sertão quer virar mar
Certo é que o sertão quer navegar
No micro do menino internetinho

GIL, G. Banda larga cordel. Geleia Geral. 2008. Disponível em: http://www.gilbertogil.com.br. Acesso em: 24 abr. 2010 (fragmento).

No texto, encontram-se as expressões “bandalargou-se”, “infoviabilizou” e “internetinho”, que indicam a influência da tecnologia digital na língua. Em relação à dinamicidade da língua no processo de comunicação, essas expressões representam

A) a expansão vocabular influenciada pelo uso cotidiano de ferramentas da cultura digital.

B) o desconhecimento das regras de formação de palavras na língua.

C) a derivação de palavras sob a influência de falares arcaicos.

D) a incorporação de palavras estrangeiras sem adaptações à língua portuguesa.

E) a apropriação de conceitos ultrapassados disseminados pelas influências estrangeiras.

Resolução:

Alternativa A

Em “bandalargou-se”, ocorre um processo de composição por justaposição entre as palavras “banda” e “larga”, além de um processo de derivação imprópria, já que a expressão substantiva “banda larga” se transforma no verbo “bandalargar-se”.

Já “infoviabilizou” é resultado de uma derivação prefixal, de forma que o “info” está sendo usado como prefixo antes de “viabilizar”.

Por fim, “internetinho” é um adjetivo originário de um processo de derivação imprópria, já que o substantivo “internet” é adjetivado. No mais, todas essas palavras sofrem influência da recente cultura digital, portanto, não podem ser consideradas arcaicas ou ultrapassadas.

Questão 3

(Enem)

― Vocês que têm mais de 15 anos, se lembram quando a gente comprava leite em garrafa, na leiteria da esquina? [...]

Mas vocês não se lembram de nada, pô! Vai ver nem sabem o que é vaca. Nem o que é leite. Estou falando isso porque agora mesmo peguei um pacote de leite — leite em pacote, imagina, Tereza! — na porta dos fundos e estava escrito que é pasterizado, ou pasteurizado, sei lá, tem vitamina, é garantido pela embromatologia, foi enriquecido e o escambau.

Será que isso é mesmo leite? No dicionário diz que leite é outra coisa: “Líquido branco, contendo água, proteína, açúcar e sais minerais”. Um alimento pra ninguém botar defeito. O ser humano o usa há mais de 5.000 anos. É o único alimento só alimento. A carne serve pro animal andar, a fruta serve pra fazer outra fruta, o ovo serve pra fazer outra galinha [...]. O leite é só leite. Ou toma ou bota fora.

Esse aqui examinando bem, é só pra botar fora. Tem chumbo, tem benzina, tem mais água do que leite, tem serragem, sou capaz de jurar que nem vaca tem por trás desse negócio.

Depois o pessoal ainda acha estranho que os meninos não gostem de leite. Mas, como não gostam? Não gostam como? Nunca tomaram! Múúúúúúú!

FERNANDES, Millôr. O Estado de S. Paulo, 22 de agosto de 1999.

A palavra “embromatologia” usada pelo autor é:

A) um termo científico que significa “estudo dos bromatos”.

B) uma composição do termo de gíria “embromação” (enganação) com bromatologia, o estudo dos alimentos.

C) uma junção do termo “embromação” (enganação) com lactologia, o estudo das embalagens para leite.

D) um neologismo da química orgânica que significa a técnica de retirar bromatos dos laticínios.

E) uma corruptela de termo da agropecuária que significa a ordenha mecânica.

Resolução:

Alternativa B

A palavra “embromatologia” é um neologismo formado por meio de um processo de composição por aglutinação entre as palavras “embromação” e “bromatologia”.

Mais procurados

TCC

Conheça nossas dicas para entender sobre a dedicatória em um TCC.

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Mais procurados background

Artigos de Formação de palavras