Redação técnica

Por Rafael Camargo de Oliveira

A redação técnica é uma modalidade que envolve um conjunto de textos destinados à comunicação em empresas e órgãos públicos, visando à objetividade e agilidade da mensagem.

A redação técnica envolve todos os gêneros textuais produzidos no contexto de comunicação entre empresas e repartições públicas.
A redação técnica envolve todos os gêneros textuais produzidos no contexto de comunicação entre empresas e repartições públicas.

O termo redação técnica se refere ao conjunto de gêneros textuais destinados à comunicação empresarial e institucional. O grupo do texto técnico é composto pela circular, recibo, carta comercial, ata, memorando e outros gêneros textuais.

Os gêneros que fazem parte desse grupo possuem como características em comum o uso de uma linguagem concisa e objetiva, bem como uma escrita imparcial e de acordo com a norma-padrão da língua. Quanto ao aspecto estrutural, sua construção depende da modalidade de texto em questão. O memorando apresenta uma estrutura própria, assim como a procuração.

Veja também: Relatório — gênero utilizado para divulgar resultados

Resumo sobre redação técnica

  • Redação técnica é o tipo de texto utilizado para comunicação no meio empresarial e em instituições governamentais.
  • As principais características dos gêneros que compõem a redação técnica são:
    • uso de linguagem denotativa;
    • texto conciso e objetivo;
    • imparcialidade;
    • uso da norma-padrão da língua portuguesa.
  • Apesar de haver uma multiplicidade de textos de modalidade técnica e, portanto, estruturas distintas, eles se assemelham por apresentarem os seguintes elementos:
    • timbre do órgão ou empresa;
    • destinatário;
    • assunto;
    • corpo do texto;
    • desfecho e assinatura.
  • Dentre os gêneros que compõem a redação técnica, podemos citar o memorando, a ata, a procuração, o parecer, a carta comercial e o currículo.

Videoaula sobre redação técnica

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as características da redação técnica?

A redação técnica caracteriza os diferentes gêneros textuais utilizados em instituições, que visam estabelecer uma boa comunicação entre as divisões ou segmentos que as compõem. Para isso, a redação técnica fundamenta-se a partir das seguintes características:

  • finalidade discursiva voltada para a informação e o esclarecimento;
  • uso de linguagem denotativa (palavras expressas tendo em vista o seu sentido original);
  • predomínio da função referencial (foco mantido estritamente no referente, isto é, no assunto tratado na mensagem);
  • imparcialidade e exatidão, priorizando a eficácia da linguagem.
  • uso da norma-padrão da língua portuguesa.

Essas características se justificam pelo contexto em que as redações técnicas estão inseridas. Em um ambiente empresarial ou repartição pública, não há espaço para equívocos interpretativos ou uso de jargões. A comunicação precisa ser clara e objetiva para não gerar entrave nos processos em andamento.

A redação técnica pode ter valor de documento, como é o caso da procuração. Assim, há uma estrutura mais rígida em relação a outros gêneros, como os gêneros literários e os jornalísticos, que são muito mais flexíveis.

Qual a estrutura da redação técnica?

Em relação à estrutura, é válido ressaltar que a redação técnica, a depender do gênero textual, pode variar em sua composição estrutural. No entanto, há algumas características semelhantes. Destacamos abaixo alguns desses elementos:

  • Timbre: identificação do órgão ou empresa onde o documento será divulgado.
  • Destinatário: geralmente se escreve para alguém ou para um determinado departamento (por exemplo, departamento de logística). É preciso identificar, no campo do destinatário, a quem o texto é endereçado, visto que em uma empresa ou repartição pública há diversos integrantes e setores.
  • Assunto: o texto precisa vir identificado, de maneira sucinta, com o assunto a ser tratado. Em alguns textos técnicos, o assunto vem explicitado no título, e em outros, há um espaço reservado para tal.
  • Corpo do texto: é seguida a estrutura clássica de introdução, desenvolvimento e conclusão, com os devidos cuidados para que a mensagem seja transmitida com clareza, concisão e por meio do uso da norma-padrão da língua portuguesa.
  • Encerramento e assinatura: o encerramento costuma vir acompanhado de uma saudação de despedida, seguida da assinatura do remetente.

Saiba também: Textualidade — quais elementos são necessários para que um texto seja considerado texto?

Quais os tipos de redação técnica?

Há diversas modalidades de redação técnica. Abaixo, listamos algumas das mais utilizadas em empresas e órgãos públicos.

→ Memorando

O memorando é um tipo de texto usado na comunicação interna de determinados setores da empresa ou filiais.

→ Ata

A ata é o tipo de documento utilizado para a realização do registro formal de reuniões feitas por uma instituição.

→ Procuração

A procuração é um documento por meio do qual é possível tornar uma pessoa a representante legal de outra, concedendo-lhe determinados poderes.

→ Parecer

O parecer é redigido por um especialista que emite uma resposta a fim de esclarecer ou analisar uma questão.

→ Carta comercial

A carta comercial é utilizada para realizar ou finalizar transações comerciais entre empresas e clientes.

→ Currículo

O currículo é um gênero textual que contém dados sobre a formação e qualificações profissionais de um indivíduo que está em busca de um emprego.

Como se faz uma redação técnica?

Para fazer uma redação técnica, é preciso levar em consideração os seguintes aspectos:

  • Saber as informações específicas quanto à finalidade do texto a ser redigido: é preciso saber qual é a finalidade do texto, pois, de acordo com o seu objetivo, deve-se adequá-lo a uma determinada estrutura. Assim, se o texto a ser redigido for o registro de uma reunião, o gênero textual a ser utilizado será a ata. Caso seja uma comunicação interna entre departamentos, o gênero textual a ser usado será o memorando. A mesma lógica vale para os demais textos.
  • Saber quem é o destinatário: em uma comunicação institucional, é preciso compreender que o destinatário pode ser uma pessoa ou mesmo todo um departamento. É recomendável, caso o receptor seja uma autoridade (diretor, presidente da companhia etc.), saber qual o vocativo recomendado. Segue abaixo uma breve lista com vocativos utilizados no âmbito institucional.

PRONOMES DE TRATAMENTO

Senhor/Senhora

Doutor/Doutora

Vossa Excelência/Sua Excelência

Prezado/Prezada

Caro/Cara

  • Prezar pela objetividade durante o processo de escrita: evite construções que contenham elementos não essenciais. Vejamos alguns exemplos:

Vimos pela presente comunicação / Vimos por meio desta… — sendo que o mais recomendável é entrar diretamente no assunto.

Inteiramente à disposição de nossos clientes… — uma vez que somente “à disposição de nossos clientes” já é o bastante.

Chegamos a uma conclusão de que... — quando o correto é somente dizer “concluímos que…”

  • Respeitar alguns aspectos importantes: é importante estar atento à forma de indicar datas e fazer a saudação final. Observe:

No caso das datas, o recomendável é que sejam expressas assim: São Paulo, 7 de outubro de 2009.

Quanto à saudação final, vale lembrar que devemos utilizar “respeitosamente” para tratar com autoridades superiores e “atenciosamente” no caso de hierarquias iguais ou inferiores.

Leia também: Declaração — outro tipo de redação técnica

Exemplos de redação técnica

→ Circular

EMPRESA S.A

CNPJ: XX.XXX.XXX/XXXX-XX

Av. Y, nº. 1.000 - Londrina - PR

CIRCULAR Nº 02/09. Em 16 de fevereiro de 2009.

Ementa: Feriado de carnaval

Senhores funcionários,

Comunicamos que no dia 21 deste mês teremos expediente normal. Porém, dia 23, que antecede o feriado (24), e dia 25 não haverá expediente. Assim, desejo bom descanso a todos.

Atenciosamente,

___________________

Joaquim João de Oliveira

Gerente administrativo

→ Certificado

CERTIFICADO

Certifico que o(a) aluno(a) Júlio Roberto participou do I Simpósio Nacional de Logística e Transporte, no período de 15 a 20 de janeiro, totalizando 25 horas.

Goiânia, 20 de janeiro de 2011.

Francisco de Assis

Coordenador geral de cursos técnicos da XYZ Cursos

→ Recibo

RECIBO

Mão de obra: R$ 2.000,00

Retenção de IR: R$ 320,00

Valor líquido a receber: R$ 1.680,00

Recebi da empresa Atlas Serviço de Telecomunicações do Brasil S/A, inscrita no CNPJ de nº 00.000.000/0000-00, a quantia de R$ 1.680,00 (mil seiscentos e oitenta reais) referente à manutenção nos serviços de telecomunicação da empresa.

Goiânia, 17 de fevereiro de 2012.

_____________

Márcio Alves

Testemunhas:

________________

________________

________________

Mais procurados

TCC

Conheça nossas dicas para entender sobre a dedicatória em um TCC.

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Mais procurados background