Advérbios

Por Guilherme Viana

Os advérbios qualificam verbos e intensificam o sentido de adjetivos e de outros advérbios. Podem ser classificados como advérbio:

  • de lugar

  • de tempo

  • de modo

  • de intensidade

  • de afirmação

  • de negação

  • de dúvida

Os advérbios variam em grau, podendo ser analítico ou sintético.

Leia também: Adjetivo ou advérbio?

O que é advérbio?

Advérbio é a classe de palavras que acompanha verbos, adjetivos ou outros advérbios, acrescentando-lhes características ou intensificando o seu sentido.

Classificação dos advérbios

A classe dos advérbios é extensa, havendo algumas classificações de acordo com o sentido do advérbio.

→ Advérbio de lugar

Ajuda a caracterizar o lugar ao qual o verbo refere-se por meio da noção de posição e direção. Alguns advérbios de lugar são “perto”, “longe”, “dentro”, “fora”, “aqui”, “ali”, “lá” e “atrás”.

Exemplos:

  • Demorou, mas chegou longe!

  • Por que não ficamos aqui?

  • A pulseira está dentro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Advérbio de tempo

noção temporal, período de tempo, aos verbos. Alguns advérbios de tempo são: “antes”, “depois”, “hoje”, “ontem”, “amanhã”, “sempre”, “nunca”, “cedo” e “tarde”.

Exemplos:

  • Cedo ou tarde, atingiremos nossos objetivos.

  • Sempre que precisar de algo, basta chamar-me.

  • Preciso ir, depois nos falamos.

→ Advérbio de modo

Indica a maneira como a ação dos verbos foi executada. Alguns advérbios de modo são “rápido”, “devagar”, “bem”, “mal”, entre outros com o sufixo “-mente”.

Exemplos:

  • Eu terminava depressa os meus deveres.

  • Nós estamos indo bem na competição.

  • Ouvia pacientemente as queixas dela.

→ Advérbio de intensidade

Caracteriza a intensidade da ação verbal ou da qualidade do adjetivo (ou mesmo de outros advérbios). Alguns advérbios de intensidade são: “muito”, “pouco”, “bastante”, “demais”, “tanto” e “tão”.

Exemplos:

  • Ele falava pouco.

  • Eles formam um casal tão bonito!

  • Nossas amigas arrumam-se muito depressa.

→ Advérbio de afirmação

Reforça o sentido de afirmação. Alguns advérbios de afirmação são “sim”, “decerto” e palavras afirmativas com o sufixo -mente (“certamente”, “realmente”, entre outras). Algumas palavras, como “claro” e “positivo”, podem ser classificadas como advérbio dependendo do contexto, mas é necessário atenção aos casos.

Exemplos:

  • Eu vou, sim.

  • Decerto passaram por aqui.

  • Claro que entendemos!

→ Advérbio de negação

Reforça o sentido de negação. Alguns advérbios de negação são “não” e “nem”. Em contextos específicos, palavras como “negativo”, “nenhum”, “nunca”, “jamais”, entre outras, podem ser classificadas como advérbio de negação, mas é necessário atenção aos casos.

Exemplos:

  • Eu nem vi isso passar.

  • Não aceitamos mais isso.

  • Ela não ficou nada satisfeita.

→ Advérbio de dúvida

Enfatiza o sentido de dúvida. Alguns advérbios de dúvida são: “talvez”, “quiçá”, “porventura” e palavras que expressem dúvida acrescidas do sufixo -mente, como “possivelmente” e “provavelmente”.

Exemplos:

  • Quiçá chova hoje.

  • Nós talvez venhamos à sua festa.

  • Possivelmente teremos os recibos até amanhã.

Leia também: Diferenças entre adjetivo e advérbio

Advérbios interrogativos

Advérbios interrogativos são aqueles que iniciam uma pergunta. Há quatro tipos de advérbios interrogativos.

  • Advérbio interrogativo de lugar:Onde eles moram?”

  • Advérbio interrogativo de tempo:Quando poderemos nos ver?”

  • Advérbio interrogativo de modo:Como você está?”

  • Advérbio interrogativo de causa:Por que não me pediu ajuda?”

Grau dos advérbios

Alguns advérbios são variáveis em grau, o que significa que podem variar na intensidade. Essa variação pode ser de maneira comparativa ou superlativa.

  • Comparativo

No grau comparativo, o advérbio aparece em uma relação de igualdade, superioridade ou inferioridade entre dois ou mais elementos.

- Igualdade: tão/tanto + advérbio + quanto

Nós corremos tão rápido quanto eles.
Ela se veste tão bem quanto ele.

- Superioridade: mais + advérbio + (do) que

Nós corremos mais rápido do que eles.
Ela se veste melhor do que ele.

- Inferioridade: menos + advérbio + (do) que

Nós corremos menos rápido do que eles.
Ela se veste pior do que ele.

No caso dos advérbios “bem” e “mal”, utilizamos a forma “melhor” ou “pior” de acordo com o contexto.

→ Superlativo

No grau superlativo:

- Analítico: quando um advérbio acompanha outro para afetar o seu grau.

Ele faz tudo muito rápido.

- Sintético: o advérbio tem seu grau afetado pelo sufixo que altera a palavra.

Ele faz tudo rapidíssimo.

Na linguagem coloquial, outras variações de superlativo sintético podem ser encontradas pelo uso de sufixos ou prefixos.

- Diminutivo: Ele faz tudo “rapidinho”.

- Aumentativo: Ele faz tudo “rapidão”.

- Prefixo: Ele faz tudo “super-rápido”.

No entanto, essas variações ainda devem ser evitadas na linguagem formal.

Locução adverbial

A locução adverbial ocorre quando duas ou mais palavras juntam-se para ter o valor de um advérbio, ou seja, duas ou mais palavras formam uma única expressão que funciona como advérbio.

A locução adverbial é mais comumente formada por dois ou mais advérbios ou por um advérbio e uma preposição, mas há variações. As locuções adverbiais são classificadas do mesmo modo que os advérbios.

  • Locução adverbial de lugar: “ao redor de”, “perto de”, “longe de”, “em cima de”, “embaixo de”, entre outras.

  • Locução adverbial de tempo: “nunca mais”, “mais tarde”, “de manhã”, “em breve”, entre outras.

  • Locução adverbial de modo: “ao contrário”, “em detalhes”, entre outras.

  • Locução adverbial de intensidade: “muito mais”, “muito menos”, “em excesso”, entre outras.

  • Locução adverbial de afirmação: “com certeza”, “sem dúvidas”, “de fato”, entre outras.

  • Locução adverbial de negação: “de forma alguma”, “de jeito nenhum”, entre outras.

  • Locução adverbial de dúvida: “quem sabe”.

Acesse também: Colocação dos advérbios – regras e exceções

Os advérbios são palavras que modificam o sentido de verbos, adjetivos e outros advérbios.
Os advérbios são palavras que modificam o sentido de verbos, adjetivos e outros advérbios.

Exercícios resolvidos

Questão 1 – (FGV)

Assinale a alternativa em que o termo indicado seja classificado como advérbio.

A) mais (L.124)

B) conforme (L.12)

C) nenhum (L.41)

D) Nada (L.4)

E) demais (L.51)

Resolução

Alternativa D. No trecho “Nada diferente do que ocorre em relação...”, o advérbio “nada” caracteriza o adjetivo “diferente”.

Questão 2 – (Copeve-Ufal) Assinale a opção que completa adequadamente as lacunas do período seguinte.

Eduarda comeu ________ bacia de pipocas e ficou _______ enjoada. Para amenizar o mal-estar, foi à farmácia e comprou __________ anti-ácidos [sic] e fez ela ________ sua medicação.

A) meia – meio – bastantes – mesmo

B) meia – meia – bastante – mesmo

C) meia – meio – bastante – mesma

D) meia – meia – bastantes – mesma

E) meia – meio – bastantes – mesma

Resolução

Alternativa E. Advérbios variam apenas em grau, e não em gênero ou em número. Apenas a segunda lacuna apresenta um advérbio: “ficou meio enjoada”.

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background