Casos especiais de regência verbal – um olhar atento

Por Vânia Maria do Nascimento Duarte

O assunto que ora propomo-nos a discutir nos incita uma relevante questão: o que é mesmo regência verbal?

Compreendemos por regência verbal o estudo da relação estabelecida entre o verbo e os termos que o complementam, no caso, o objeto direto e objeto indireto. Assim, em se tratando da linguagem escrita, devemos tomar cuidado quanto a esse fato, principalmente quando se trata da regência de verbos em que seu complemento ou modificador é um pronome relativo.

A título de ilustração, atentemo-nos aos exemplos que seguem:




Corriqueiras, por sinal, não é verdade? Mas imagine quando a interlocução se refere a casos do tipo:

O restaurante que comi fica logo ali adiante.

No mínimo deve ter sido um tanto quanto indigesto, concorda?

Dessa forma, no intuito de evitarmos situações como essas, observe o modo como deveriam ser expressos os enunciados acima:

A rua em que eu moro é arborizada.

O cargo a que aspiro é pretendido por todos.

Você é a pessoa em que confio.

O filme a que assisti é muito interessante.

As cidades a que fui possuem traços históricos.

Mas como fica o restaurante?

O restaurante em que comi fica logo ali adiante.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Cedilha

Afinal, por que a cedilha não está entre as letras do nosso alfabeto?

Modo dos verbos

O verbo pode ser flexionado de três formas diferentes. Revise já!

A ou há?

Aprenda agora mesmo a usar cada uma dessas expressões.

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background