Palavras proparoxítonas

Por Warley Souza

As palavras proparoxítonas são as que apresentam tonicidade na antepenúltima sílaba. Todas as palavras proparoxítonas são acentuadas.

Menina asiática apontando para o escrito “palavras proparoxítonas”.
A palavra “proparoxítona” também é uma proparoxítona.

Palavras proparoxítonas são aquelas que possuem a antepenúltima sílaba tônica. Assim, diferenciam-se das paroxítonas, que apresentam a penúltima sílaba tônica, e das oxítonas, cuja última sílaba é tônica.

A acentuação tônica de um termo nem sempre é acompanhada de uma acentuação gráfica, mas as proparoxítonas sempre levam acento gráfico, sem exceção. Cometemos erro de prosódia se pronunciamos uma palavra proparoxítona como se fosse paroxítona ou vice-versa.

Leia também: Classificação das palavras quanto ao número de sílabas

O que são palavras proparoxítonas?

Palavras proparoxítonas são aquelas cuja antepenúltima sílaba é tônica.

Exemplos de palavras proparoxítonas

Palavras proparoxítonas

Ápice

Ética

Jâmbico

Química

Áspero

Frígido

Lâmpada

plica

Átomo

Frívolo

Límpido

laba

Ávido

lida

Mística

Técnico

Bálsamo

Glóbulo

Mórbida

Tráfego

lice

Gráfico

mesis

Unânime

Cúmplice

brido

Neófito

Vândalos

diva

drica

Ópera

Vínculo

Ébano

Íntegro

Pecula

cara

Época

Ínterim

sames

Zoólogo

Diferenças entre acentuação tônica e acentuação gráfica

  • Acentuação tônica: com exceção dos monossílabos átonos, todas as palavras da língua portuguesa possuem uma sílaba tônica. Isso quer dizer que uma sílaba dessas palavras é pronunciada com mais intensidade, e a isso chamamos de acentuação tônica. Desse modo, a sílaba tônica se opõe à sílaba átona (pronunciada com menos intensidade).

  • Acentuação gráfica: nem sempre a acentuação tônica de uma palavra é acompanhada de uma acentuação gráfica, pois há regras gramaticais específicas para isso. Por exemplo, a sílaba tônica “ar-”, da palavra “árvore”, possui acentuação gráfica, já que a regra diz que todos os vocábulos paroxítonos levam acento. Já o termo “aqui” não possui acento gráfico, uma vez que oxítonas terminadas em “i” não são graficamente acentuadas.

Diferenças entre oxítonas, paroxítonas e proparoxítonas

  • Oxítonas: palavras cuja última sílaba é tônica. Exemplos: Pa, pa, além etc.

  • Paroxítonas: palavras cuja penúltima sílaba é tônica. Exemplos: janela, amigo, cil etc.

  • Proparoxítonas: palavras cuja antepenúltima sílaba é tônica. Exemplos: árvore, lida, tido etc.

Palavras proparoxítonas e a prosódia

A prosódia é a parte da gramática que se preocupa com a pronúncia correta de uma palavra em acordo com a sua sílaba tônica. Portanto, se pronunciamos uma palavra paroxítona como se fosse proparoxítona ou vice-versa, estamos cometendo um erro de prosódia. Por exemplo, o correto é dizer:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • “avaro”, e não “ávaro”;

  • “aziago”, e não “aago”;

  • “ciclope”, e não “clope”;

  • “filantropo”, e não “filântropo”;

  • “ibero”, e não “íbero”;

  • “rubrica”, e não “brica”;

  • “libido”, e não “bido”;

  • “arquétipo”, e não “arquetipo”;

  • êxodo”, e não “exodo”;

  • gamo”, e não “bigamo”;

  • “molito”, e não “monolito”.

Palavras proparoxítonas e a dupla prosódia

Algumas palavras da língua portuguesa possuem dupla prosódia, ou seja, podem ser pronunciadas de duas maneiras. Dois exemplos de proparoxítonas que também podem ser consideradas paroxítonas são:

  • “acróbata” ou “acrobata”;

  • “hieglifo” ou “hieroglifo”.

Veja também: Cacofonia — um tipo de som desagradável que pode causar estranhamento aos ouvintes

Exercícios resolvidos sobre palavras proparoxítonas

Questão 1

Sabendo que todas as proparoxítonas, sem exceção, são acentuadas, marque a alternativa em que todas as palavras são proparoxítonas.

A) Chapéu, âmago, xilindró.

B) Ártico, puríssimo, dístico.

C) Açúcar, vívido, saudável.

D) Médico, tétrico, revólver.

E) Sádico, pétala, também.

Resolução:

Alternativa B

São proparoxítonas: “âmago” (alternativa A); “ártico”, “puríssimo” e “dístico” (alternativa B); “vívido” (alternativa C); “médico” e “tétrico” (alternativa D); “sádico” e “pétala” (alternativa E).

Questão 2

Leia o poema “Epitáfio do México”, do livro Crisálidas, de Machado de Assis:

Dobra o joelho: — é um túmulo.
Embaixo amortalhado
Jaz o cadáver tépido
De um povo aniquilado;
A prece melancólica
Reza-lhe em torno à cruz.

Ante o universo atônito
Abriu-se a estranha liça,
Travou-se a luta férvida
Da força e da justiça;
Contra a justiça, ó século,
Venceu a espada e o obus.

[...]

E quando a voz fatídica
Da santa liberdade
Vier em dias prósperos
Clamar à humanidade,
Então revivo o México
Da campa surgirá.

MACHADO DE ASSIS. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. v. 2.

Agora, marque a alternativa que indica corretamente o número de palavras proparoxítonas presentes no poema:

A) cinco palavras

B) seis palavras

C) sete palavras

D) oito palavras

E) nove palavras

Resolução:

Alternativa E

São proparoxítonas estas nove palavras: “túmulo”, “tépido”, “melancólica”, “atônito”, “férvida”, “século”, “fatídica”, “prósperos” e “México”.

Mais procurados

Coco, côco ou cocô?

Coco”, “côco” e “cocô” são palavras que causam bastante dúvida na escrita. Estão corretas apenas “coco” e “cocô”.

Liev Tolstói

Ele é um dos principais nomes do realismo em seu país e escreveu livros famosos, como os romances Guerra e paz e Anna Karenina.

Ultrarromantismo

O Ultrarromantismo é um movimento literário que corresponde à segunda fase romântica das literaturas portuguesa e brasileira.

Vim ou vir?

Tanto a forma “vim” quanto a forma “vir” estão corretas, mas cada uma delas é usada em situações específicas.

Memórias póstumas de Brás Cubas

Memórias póstumas de Brás Cubas é o primeiro romance realista de Machado de Assis

Mais procurados background