Este? Esse? Aquele? De que forma empregá-los?

Por Vânia Maria do Nascimento Duarte

Atentemo-nos para os enunciados linguísticos subsequentes:

Esta é uma obra-prima machadiana.

Esse livro é seu?

Aquele é o professor do qual lhe falei.


Eis que nos deparamos com uma tríade (caracterizada pelos pronomes em evidência) passível de inúmeros questionamentos no que se refere à forma correta de empregá-la. Diante de tal fato, nosso objetivo pauta-se por registrar algumas elucidações concernentes às devidas circunstâncias em que se materializa este recorrente fato linguístico que, necessariamente, deverá fazer parte de nossos conhecimentos.

É bem possível que tão logo nos tornemos conhecedores dos pressupostos gramaticais que os norteiam, não tenhamos mais dúvidas quanto à sua aplicabilidade. Para tanto, analisemos:
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Cedilha

Afinal, por que a cedilha não está entre as letras do nosso alfabeto?

Modo dos verbos

O verbo pode ser flexionado de três formas diferentes. Revise já!

A ou há?

Aprenda agora mesmo a usar cada uma dessas expressões.

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background