Você está aqui:
  1. Página Inicial
  2. Gramática
  3. Sintaxe
  4. Sujeito deslocado: como se dá a concordância verbal?

Sintaxe

Texto:

Sujeito deslocado: como se dá a concordância verbal?




Mesmo em se tratando do sujeito deslocado, a concordância verbal deve ser feita
Mesmo em se tratando do sujeito deslocado, a concordância verbal deve ser feita

Estudos linguísticos evidenciam o fato de que quando a ordem direta prevalece (sujeito + predicado + complemento), os enunciados tendem a retratar clareza e objetividade no que se refere ao discurso. Em razão disso, nós, na qualidade de emissores, até mesmo por uma questão de conveniência, preferimos adotar tal estrutura.

Trata-se de algo tão costumeiro, cristalizado, que, quando nos deparamos com a inversão de alguns desses termos, algumas dúvidas parecem surgir. Perceba que esse exemplo foi somente a título de ilustração acerca do que iremos tratar, uma vez que a inversão de elementos pode se tornar alvo de questionamentos diversos. Referimo-nos, portanto, à concordância verbal com sujeito deslocado. Se ele se encontra deslocado, o que prevalecerá? Será que as regras serão as mesmas... aquelas tidas como convencionais? É o que veremos a partir de agora, baseando-nos em alguns exemplos:

Ficou provado, sem sombra de dúvida, todas as ameaças.

Nesse mesmo lugar teve início as discussões.

Foi descartada, vez por todas, todas as esperanças de retorno ao cargo ocupado.

Por trás de tudo o que está acontecendo existe mentiras e deslealdades.

Basta apenas dois minutos para dizer que a amo.

Falta informações adicionais neste texto.

Inferimos que a ordem direta, antes mencionada, não se fez prevalecer, embora tal posicionamento seja apenas uma questão de estilo. Assim, onde quer que esteja o sujeito, o verbo com ele deverá concordar. Retifiquemos, pois, tais enunciados:

Ficaram provadas, sem sombra de dúvida, todas as ameaças. (sujeito)

Nesse mesmo lugar tiveram início as discussões. (sujeito)

Foram descartadas, vez por todas, todas as esperanças de retorno ao cargo ocupado. (sujeito)

Por trás de tudo o que está acontecendo existem mentiras e deslealdades. (sujeito)

Bastam apenas dois minutos para dizer que a amo. (sujeito)

Faltam informações adicionais neste texto. (sujeito)

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto:


Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte