Você está aqui:
  1. Página Inicial
  2. Gramática
  3. Morfologia
  4. Verbos defectivos – traços peculiares

Morfologia

Texto:

Verbos defectivos – traços peculiares




Como já é do nosso conhecimento, os chamados verbos defectivos são aqueles que apresentam irregularidades quando conjugados. Tal característica reside no fato de que em algumas formas eles deixam de ser flexionados, fato decorrente de questões de natureza morfológica, como é o caso do verbo falir que, comparado ao verbo falar, apresenta características idênticas. E também de ordem eufônica, por apresentarem uma sonoridade um tanto quanto “suspeita”, como é o caso do verbo computar.

Assim, em meio a esse ínterim, convém mencionar um fator extremamente pertinente – o fato de este argumento não ser aplicável a todos os verbos que apresentam formas verbais idênticas, como visto nos verbos trazer e tragar, que na primeira pessoa do presente do indicativo são expressos por: “eu trago”. Compondo também este grupo estão os verbos ir e ser, ora materializados pelas formas verbais “fui, fora, fosse, for”. Tais exemplos, apesar de apresentarem as referidas peculiaridades, não integram a modalidade em estudo (verbos defectivos).

Desta feita, os verbos defectivos subdividem-se em impessoais, unipessoais e pessoais, assim enfatizados:

* Verbos impessoais – São aqueles que apresentam somente a 3ª pessoa do singular, uma vez que não possuem sujeito. Representando esse grupo estão os verbos impessoais, os quais indicam fenômeno da natureza. Expressos por:


Outros verbos que também representam esse quadro são os verbos haver (indicando o sentido de existir ou exprimindo tempo decorrido) e os verbos fazer e estar (na indicação de clima ou tempo).

Exemplos:

Choveu bastante ontem.

Faz dois meses que não o vejo.

Está frio hoje.

Há fatos comprovados. (existem fatos comprovados)

* Verbos unipessoais – São aqueles que exprimem vozes de animais, portanto são conjugados somente na terceira pessoa do singular ou plural.
Exemplos:

O cão latia incessantemente.

As galinhas cacarejavam no quintal.

* Verbos pessoais – Compostos por aqueles destituídos de algumas formas verbais durante a conjugação, em decorrência de fatores ligados à eufonia e homofonia. Representados, entre outros verbos, por:


Por: Vânia Maria do Nascimento Duarte