G ou J – Quando utilizá-los?

Por Vânia Maria do Nascimento Duarte

Dúvidas quanto à grafia das palavras? majestade, ferrugem, viagem.... enfim , tantas outras!

Proposta sugestiva: Que tal aprofundarmos nossos conhecimentos acerca deste assunto? Fantástico, não?

Usamos a letra “g” mediante as seguintes circunstâncias:

* Diante dos substantivos terminados em: -agem, -igem e -ugem:
Exemplos:

garagem
vertigem
viagem
ferrugem
fuligem...

* Nas palavras terminadas em: -ágio, -égio, -ígio, -ígio, -ógio e –úgio:
Exemplos:

pedágio
sacrilégio
prodígio
vestígio
relógio
refúgio

Eis mais alguns vocábulos que também compartilham desse mesmo caso:

apogeu
gengiva
monge
geada
laringe...

Fazemos uso do “j” de acordo com os seguintes casos:

* Mediante as formas verbais terminadas em -jar:
Exemplos:

relampejar
viajar
trovejar
enferrujar
esbravejar...

* Nas palavras de origem tupi, africana, árabe ou ainda, exóticas:
Exemplos:

canjica
manjericão
jiboia
jerico...

* Nas palavras que derivam de outras também grafadas com “j”.
Exemplos:

cerveja – cervejaria
laranja – laranjeira
loja – lojista, lojinha...

Vejamos mais alguns exemplos dotados dessa mesma característica:

jumento
jeito
majestade
jiló
laje
hoje...

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mais procurados

Coco, côco ou cocô?

Coco”, “côco” e “cocô” são palavras que causam bastante dúvida na escrita. Estão corretas apenas “coco” e “cocô”.

Liev Tolstói

Ele é um dos principais nomes do realismo em seu país e escreveu livros famosos, como os romances Guerra e paz e Anna Karenina.

Ultrarromantismo

O Ultrarromantismo é um movimento literário que corresponde à segunda fase romântica das literaturas portuguesa e brasileira.

Vim ou vir?

Tanto a forma “vim” quanto a forma “vir” estão corretas, mas cada uma delas é usada em situações específicas.

Memórias póstumas de Brás Cubas

Memórias póstumas de Brás Cubas é o primeiro romance realista de Machado de Assis

Mais procurados background