Você está aqui:
  1. Página Inicial
  2. Gramática
  3. Sintaxe
  4. Objeto direto

Sintaxe

Texto:
por: Mariana Rigonatto

Objeto direto


O objeto direto é um termo integrante da oração que complementa o sentido de um verbo transitivo direto.





Na frase acima, o termo sublinhado é um objeto direto preposicionado. Saiba mais no texto!
Na frase acima, o termo sublinhado é um objeto direto preposicionado. Saiba mais no texto!



Observe o pedaço da oração a seguir:

Eu disse...

Você consegue compreender o sentido completo dessa sentença? Parece faltar algo, não é mesmo? Isso ocorre porque estamos diante de um verbo que necessita de um complemento, ou seja, um verbo transitivo.

Agora, veja a pergunta que faremos ao verbo para encontrarmos o seu complemento:

Eu disse... (O quê?)

Eu disse que estava feliz.

Note que, agora, é possível compreender o que a oração comunica, não é? Além disso, note também que entre o verbo e o seu complemento não há a presença de uma preposição. Isso nos leva a dizer que a transição do verbo para o seu complemento ocorreu de forma direta, ou seja, é um verbo transitivo direto. No entanto, é preciso dizer ainda que o complemento de um verbo desse tipo possui um nome específico, é o objeto direto. Assim, definimos que:

  • Objeto Direto: é um complemento de um verbo transitivo direto que normalmente se liga a ele sem o auxílio de uma preposição.

O núcleo do objeto direto pode ser representado por:

a) um substantivo ou uma palavra substantivada:

O homem enfurecido atirou os livros pela janela.

Todos aguardavam o sim.

b) um pronome:

Os professores fazem tudo pelo aprendizado dos alunos.

Não suportei aquilo.

c) um numeral:

Entre tantos carros, escolhemos um.

Ela ganha 20 mil por mês.

d) uma oração:

Eu disse que estava feliz.

Esta decisão exige que ampliemos o número de funcionários.

ATENÇÃO: O objeto direto pode aparecer preposicionado nos seguintes casos:

1) Com verbos que exprimem sentimentos:

Não odeio a ninguém.

2) Para evitar ambiguidade:

Aos São Paulinos derrotaram os palmeirenses no Campeonato Paulista.

3) Como forma de provérbio antecipado:

A homem pobre ninguém roube.

4) Quando for expresso por pronome oblíquo tônico:

Pedro quis pedir a mim.

5) Quando for expresso pelo pronome relativo quem:

O homem a quem amo está distante.