Você está aqui:
  1. Página Inicial
  2. Gramática
  3. Morfologia
  4. Particípio como adjetivo

Morfologia

Texto:
por: Vânia Maria do Nascimento Duarte

Particípio como adjetivo








Em algumas circunstâncias linguísticas o particípio assume a função de adjetivo

Ao falarmos em particípio, logo pensamos nas três formas nominais expressas pelo gerúndio, particípio e infinitivo. Dessa forma, temos que ele se constitui das terminações “-ADO” e “-IDO”, expressas por alguns exemplos, tais como:

FALAR – FALADO
MORRER – MORRIDO
ENTREGAR – ENTREGADO
DIZER – DITO

Dando seguimento ao nosso raciocínio, ambas as formas “– ADO e –IDO”, constituem o que chamamos de particípio regular. Contudo, há aquelas formas em que uma destas desinências não se manifesta, como por exemplo:

O documento foi anexado – o documento foi anexo.

Constatamos que a última terminação diverge daquela convencional, haja vista que termina em “-o”. É justamente nesse aspecto que reside o alvo de nossa discussão, ou seja, quando o particípio ocupa o valor de adjetivo, como é o caso de “anexo”, ou seja, trata-se de uma característica relativa ao substantivo “documento”.

Partindo desse pressuposto, vejamos outros casos que também ilustram a referida ocorrência, manifestados no quadro a seguir:

Em algumas circunstâncias o particípio assume a posição de adjetivo
Em algumas circunstâncias o particípio assume a posição de adjetivo

Aproveite para conferir a nossa videoaula relacionada ao assunto: