Modo subjuntivo

Por Guilherme Viana

O modo subjuntivo é um dos três modos pelos quais os verbos podem ser conjugados em língua portuguesa. Esse modo verbal é usado em contextos específicos e tem três tempos verbais:

  • presente
  • pretérito imperfeito
  • futuro

Leia também: O que são verbos dicendi?

Quando usar o subjuntivo

O modo subjuntivo costuma ocorrer em ações verbais consideradas suposições ou hipóteses ainda não tidas como reais ou verossímeis no contexto empregado. Portanto, o modo subjuntivo é usado especialmente em contextos que denotam ordem, desejo, aprovação, proibição ou admiração.

É bastante comum que o modo subjuntivo seja empregado em orações subordinadas, isto é, aquelas que estão ligadas a uma oração principal para ter sentido, entretanto, isso não é uma regra!

Veja a seguir um resumo sobre as diferenças no uso mais comum dos modos indicativo, subjuntivo e imperativo.

Modo

Uso

Exemplo

Indicativo

Ações verbais tidas como
reais ou verossímeis.

Ele fala demais!

Subjuntivo

Ações verbais consideradas
suposições ou expectativas.

Que ele fale logo o que precisa!

Imperativo

Pedidos, ordens ou sugestões
a outra(s) pessoa(s).

Fale apenas o suficiente.

Quais são os tempos do modo subjuntivo simples?

O modo subjuntivo apresenta três tempos verbais: presente, pretérito imperfeito e futuro.

Assim, a ação verbal no modo subjuntivo usualmente expressa situações passíveis de acontecer:

  • no momento da fala (presente);
  • em situações consideradas possibilidades que poderiam ter ocorrido antes do momento da fala (pretérito imperfeito);  
  • em situações consideradas possibilidades que podem se tornar reais (futuro).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Conjugação dos verbos no modo subjuntivo simples

O tempo verbal simples traz a conjugação do próprio verbo sozinho, sem haver outro verbo auxiliar.

- Presente

Ação tida como possível, hipótese ou desejo no momento presente do enunciado. Por vezes, o sujeito e o verbo são antecedidos pelo pronome “que”, como em: Que eu fale bem na apresentação.

 

Presente do subjuntivo

 

falar

correr

abrir

eu

fale

corra

abra

tu

fales

corras

abras

ele/ela

fale

corra

abra

nós

falemos

corramos

abramos

vós

faleis

corrais

abrais

eles/elas

falem

corram

abram

- Pretérito imperfeito

Ação tida como hipótese ou desejo não concretizado em momento anterior ao enunciado. Por vezes, o sujeito e o verbo são antecedidos pelo pronome “se”, como em: Se eu falasse bem, teria coragem de me apresentar.

 

Pretérito imperfeito
 do subjuntivo

 

falar

correr

abrir

eu

falasse

corresse

abrisse

tu

falasses

corresses

abrisses

ele/ela

falasse

corresse

abrisse

nós

falássemos

corrêssemos

abríssemos

vós

falásseis

corrêsseis

abrísseis

eles/elas

falassem

corressem

abrissem

- Futuro do presente

Ação tida como possível, hipótese ou desejo em momento posterior ao enunciado. Por vezes, o sujeito e o verbo são antecedidos pelo pronome “se” ou pelo advérbio “quando”, como em: Quando eu falar, muita gente ficará impressionada.

 

Futuro do subjuntivo

 

falar

correr

abrir

eu

falar

correr

abrir

tu

falares

correres

abrires

ele/ela

falar

correr

abrir

nós

falarmos

corrermos

abrirmos

vós

falardes

correrdes

abrirdes

eles/elas

falarem

correrem

abrirem

Leia também: O que são verbos reflexivos?

Quais são os tempos do modo subjuntivo composto?

O modo subjuntivo composto apresenta três tempos verbais:

  • pretérito imperfeito
  • pretérito mais-que-perfeito
  • futuro
  • Conjugação dos verbos no modo subjuntivo composto

Para utilizar o tempo verbal composto, haverá um verbo auxiliar (“ter” ou “haver”) antes do verbo principal, que pode ser qualquer verbo. Esse verbo auxiliar é quem será conjugado de acordo com o tempo verbal (presente, pretérito ou futuro), e o verbo principal permanecerá no particípio, formando uma locução verbal:

verbo auxiliar + verbo principal

Exemplo:

Se eu tiver falado, vocês saberão...

No exemplo anterior, “tiver” é o verbo auxiliar, conjugado no futuro do subjuntivo, enquanto “falado” é o verbo principal, que está no particípio.

- Pretérito perfeito

Ação verbal que expressa possibilidade, hipótese ou desejo finalizada em momento anterior ao da fala.

 

Pretérito perfeito
do subjuntivo composto

 

falar

correr

abrir

eu

tenha falado

tenha corrido

tenha aberto

tu

tenhas falado

tenhas corrido

tenhas aberto

ele/ela

tenha falado

tenha corrido

tenha aberto

nós

tenhamos falado

tenhamos corrido

tenhamos aberto

vós

tenhais falado

tenhais corrido

tenhais aberto

eles/elas

tenham falado

tenham corrido

tenham aberto

- Pretérito mais-que-perfeito

Ação verbal que expressa possibilidade, hipótese ou desejo anterior a outra ação verbal, que, por sua vez, é anterior ao momento da fala.

 

Pretérito mais-que-perfeito
 do subjuntivo composto

 

falar

correr

abrir

eu

tivesse falado

tivesse corrido

tivesse aberto

tu

tivesses falado

tivesses corrido

tivesses aberto

ele/ela

tivesse falado

tivesse corrido

tivesse aberto

nós

tivéssemos falado

tivéssemos corrido

tivéssemos aberto

vós

tivésseis falado

tivésseis corrido

tivésseis aberto

eles/elas

tivessem falado

tivessem corrido

tivessem aberto

- Futuro do presente

Ação verbal tida como possível, hipótese ou desejo em momento posterior ao enunciado.

 

Futuro do subjuntivo composto

 

falar

correr

abrir

eu

tiver falado

tiver corrido

tiver aberto

tu

tiveres falado

tiveres corrido

tiveres aberto

ele/ela

tiver falado

tiver corrido

tiver aberto

nós

tivermos falado

tivermos corrido

tivermos aberto

vós

tiverdes falado

tiverdes corrido

tiverdes aberto

eles/elas

tiverem falado

tiverem corrido

tiverem aberto

Exercícios resolvidos

Questão 1 – (Cesp/Cebraspe)

O emprego do modo subjuntivo em "inventasse" (L.2) e "permitisse" (L.2) demonstra ser o invento apenas uma hipótese, que as informações das orações seguintes, apoiadas no indicativo em "levou" (L.4) e "criou" (L.5), mostram como realizada.

(   ) Certo

(   ) Errado

Resolução

Certo. O modo subjuntivo expressa, no contexto do enunciado, a hipótese, confirmada pelo modo indicativo que aparece na sequência.

Questão 2 – (FCC)

O modo verbal que faz referência a um evento incerto está presente em

A) (linhas 22 e 23) transparece.

B) (linha 23) considera.

C) (linha 25) revistam.

D) (linhas 36 e 37) inclui.

E) (linha 39) basta.

Resolução

Alternativa C. O verbo “revistam” está no presente do subjuntivo.

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background