Verbos reflexivos

Por Guilherme Viana

Os verbos reflexivos são aqueles que têm sua ação executada pelo sujeito e refletida nele mesmo. Por isso, o agente executa e sofre a ação, sendo o sujeito e o objeto desse verbo ao mesmo tempo. Eles são acompanhados do pronome oblíquo átono que corresponda à própria pessoa do discurso que executa a ação. Vamos entender melhor observando a conjugação desses verbos.

Leia também: Pronomes oblíquos– quais são, função, exemplos

Conjugação dos verbos reflexivos

Os verbos reflexivos são conjugados como os outros verbos, mas acompanhados de pronomes oblíquos átonos, que são:

  Pessoa Pronome pessoal oblíquo
Singular me
te
se
Plural nos
vos
se

Esses verbos reflexivos estão sempre acompanhados do pronome oblíquo átono, que indica a reflexividade dos verbos. Vejamos alguns exemplos de verbos reflexivos:  

Verbos reflexivos
levantar-se pentear-se incubir-se
deitar-se barbear-se contorcer-se
olhar-se cuidar-se machucar-se
arrumar-se alongar-se cortar-se
vestir-se preocupar-se ferir-se

Note que todos estão acompanhados do pronome oblíquo átono da 3ª pessoa do singular (“se”), porque estão no infinitivo. Nas conjugações, porém, o pronome oblíquo átono acompanha a pessoa do verbo. Veja alguns exemplos de conjugações: 

Verbo deitar-se (1ª conjugação)

   Indicativo

Flexão em número Pronome
pessoal
reto
Presente Pretérito perfeito Futuro do presente
Singular eu

deito-me

me deito

deitei-me

me deitei

deitar-me-ei

me deitarei

tu

deitas-te

te deitas

deitaste-te

te deitaste

deitar-te-ás

te deitarás

ele/ela

deita-se

se deita

deitou-se

se deitou

contorcer-se-á

se deitará

Plural nós

deitamo-nos

nos deitamos

deitamo-nos

nos deitamos

deitar-nos-emos

nos deitaremos

vós

deitais-vos

vos deitais

deitastes-vos

vos deitastes

deitar-vos-eis

vos deitareis

eles/elas

deitam-se

se deitam

deitaram-se

se deitaram

deitar-se-ão

se deitarão

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Verbo contorcer-se (2ª conjugação)

Indicativo

Flexão em número Pronome
pessoal
reto
Presente Pretérito perfeito Futuro do presente
Singular eu

contorço-me

me contorço

contorci-me

me contorci

contorcer-me-ei

me contorcerei

tu

contorces-te

te contorces

contorceste-te

te contorceste

contorcer-te-ás

te contorcerás

ele/ela

contorce-se

se contorce

contorceu-se

se contorceu

contorcer-se-á

se contorcerá

Plural nós

contorcemo-nos

nos contorcemos

contorcemo-nos

nos contorcemos

contorcer-nos-emos

nos contorceremos

vós

contorceis-vos

vos contorceis

contorcestes-vos

vos contorcestes

contorcer-vos-eis

vos contorcereis

eles/elas

contorcem-se

se contorcem

contorceram-se

se contorceram

contorcer-se-ão

se contorcerão

 

Verbo vestir-se (3ª conjugação)

Indicativo

Flexão em número Pronome
pessoal
reto
Presente Pretérito perfeito Futuro do presente
Singular eu

visto-me

me visto

vesti-me

me vesti

vestir-me-ei

me vestirei

tu

vestes-te

te vestes

vestiste-te

te vestiste

vestir-te-ás

te vestirás

ele/ela

veste-se

se veste

vestiu-se

se vestiu

vestir-se-á

se vestirá

Plural nós

vestimo-nos

nos vestimos

vestimo-nos

nos vestimos

vestir-nos-emos

nos vestiremos

vós

vestis-vos

vos vestis

vestistes-vos

vos vestistes

vestir-vos-eis

vos vestireis

eles/elas

vestem-se

se vestem

vestiram-se

se vestiram

vestir-se-ão

se vestirão


Atenção: No Brasil, é mais comum que o pronome oblíquo átono apareça antes do verbo na linguagem coloquial. No entanto, na norma-padrão e na linguagem formal, o pronome oblíquo átono só aparece antes do verbo se houver algum elemento que o atraia para aquela posição, de acordo com as regras de colocação pronominal.

Leia também: Os pronomes oblíquos na função de complementos verbais

Diferença entre verbos reflexivos e verbos pronominais

Verbos reflexivos e verbos pronominais são acompanhados de pronomes oblíquos átonos. No entanto, há algumas diferenças importantes.

O pronome oblíquo átono não é parte integrante do verbo reflexivo, e sim um elemento que se junta a ele para identificar que o agente executa e sofre a ação. Os verbos pronominais, por sua vez, são necessariamente acompanhados do pronome, isto é, são verbos em que o pronome é parte integrante e essencial, isto é, sem ele, o verbo deixa de existir, muda de significado ou tem sua estrutura e regência afetadas.

Veja:

“Eu me olhei pelo reflexo do espelho.”
“Eu te olhei pelo reflexo do espelho.”

No primeiro enunciado, o verbo “olhar-se” é reflexivo, já que o sujeito “eu” olhou a si mesmo, sozinho, no espelho. No segundo enunciado, o verbo “olhar” deixa de ser reflexivo, porque o sujeito “eu” olhou outra pessoa, “te”, pelo reflexo do espelho. Os verbos “olhar-se” e “olhar” têm o mesmo significado, mas o pronome pode torná-lo reflexivo.

Agora, observe os próximos dois casos:

“Nós nos queixamos à diretoria.”
“Elas se formaram no semestre passado.”

Em ambos os enunciados, há verbos pronominais. No primeiro caso, o verbo “queixar-se” não ocorre sem o pronome que o acompanha. No segundo caso, o verbo “formar-se” (com sentido de completar uma formação acadêmica) também só pode ocorrer acompanhado do pronome (já que o verbo “formar”, sem pronome, tem outro sentido).

Leia também: Versatilidade pronominal – curioso fenômeno da língua portuguesa

Voz reflexiva

A voz reflexiva é assim chamada por apresentar características da voz ativa e da voz passiva, ou seja, porque o agente executa e sofre a ação, o que fica nítido pelo uso dos verbos reflexivos. Observe:

Sujeito + verbo + objeto
Meu pai me penteia sempre para ir à escola.”
Eu sempre sou penteado pelo meu pai para ir à escola.”
Eu sempre me penteio para ir à escola.”

O primeiro enunciado está na voz ativa, tendo o pai (3ª pessoa do singular) como sujeito e agente que executa a ação “pentear”, além do objeto “me” (1ª pessoa do singular), que sofre a ação. Em outras palavras, pessoas diferentes: “Ele penteia a mim.”

O segundo enunciado está na voz passiva, tendo “eu” (1ª pessoa do singular) como sujeito e agente que sofre a ação de “ser penteado” pelo objeto “meu pai” (3ª pessoa do singular). Ainda há pessoas diferentes: “Eu sou penteado por ele.”

O terceiro enunciado está na voz reflexiva, tendo “eu” (1ª pessoa do singular) como sujeito e agente que executa a ação “pentear-se”, ao mesmo tempo em que sofre a mesma ação. Agora, trata-se da mesma pessoa: “Eu penteio a mim mesmo.”

Os verbos reflexivos têm sua ação executada pelo sujeito e refletida nele mesmo.
Os verbos reflexivos têm sua ação executada pelo sujeito e refletida nele mesmo.

Exercícios resolvidos

Questão 1

Assinale a alternativa que apresenta verbo reflexivo.

a) O discurso me agradou.

b) Deu-lhe vários beijos.

c) Eles me avisaram que você recebeu alta.

d) Contei-lhe que nós nos preocupamos com ele.

e) Vendem-se automóveis.

Resolução:

Alternativa D. O verbo “preocupar-se” é o único reflexivo dentre os verbos em todos os itens.

Questão 2

Assinale a alternativa que NÃO apresenta verbo reflexivo.

a) Eu me barbeio toda manhã.

b) Ela se arrependeu de não ter ido.

c) Tu te vestes muito depressa.

d) Levantei-me muito tarde.

e) Ela se alongou antes do treino.

Resolução:

Alternativa B. O verbo “arrepender-se” é pronominal, e não reflexivo.

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Cedilha

Afinal, por que a cedilha não está entre as letras do nosso alfabeto?

Modo dos verbos

O verbo pode ser flexionado de três formas diferentes. Revise já!

A ou há?

Aprenda agora mesmo a usar cada uma dessas expressões.

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background