O que é o Enem?

Por Lorraine Vilela

Criado em 1998 para avaliar o desempenho dos estudantes do ensino médio, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tornou-se a principal forma de ingresso em instituições de ensino superior públicas do Brasil a partir de 2009, o que passou a atrair milhões de participantes a cada edição.

O Enem divide-se em duas modalidades: o impresso e o digital. O exame impresso é o modelo tradicional, o qual era a única possibilidade de prova até 2019. O Enem Digital surgiu como outra forma de avaliação em 2020.

O Enem Impresso é realizado totalmente em provas físicas, compostas por um caderno para cada dia de aplicação, cartão-resposta de leitura óptica (questões objetivas) e folha de redação.

O Enem Digital tem suas questões objetivas feitas pelo computador, mas a redação deve ser feita em folha impressa. As provas são aplicadas em laboratórios de informática de instituições credenciadas.

Leia também: Passo a passo de como fazer a inscrição no Enem

Quem pode fazer o Enem?

Todos os estudantes que estão no ensino médio ou que já concluíram os estudos podem fazer o Enem. Não há idade mínima nem máxima. Você pode fazer o Enem para entrar na faculdade, para treinar ou, simplesmente, para avaliar seus conhecimentos do ensino médio.

O Enem Impresso não tem limite de participantes e, por isso, costuma ser aplicado para milhões de estudantes. No Enem Digital, há uma limitação de inscritos, que começou com 100 mil em 2020 e vai aumentar gradativamente até o exame ser totalmente digital em 2026.

O Enem Digital também só pode ser realizado por alunos do terceiro ano do ensino médio e por quem concluiu os estudos, impossibilitando a participação dos chamados treineiros (estudantes dos dois primeiros anos do ensino médio).

Independentemente da modalidade do Enem, treineiros NÃO podem utilizar as notas do exame para entrar em uma universidade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como fazer a inscrição no Enem

As inscrições do Enem são realizadas em maio, exclusivamente pela internet, com prazo de cerca de duas semanas. Os estudantes precisam ter CPF próprio. Atualmente, o valor da taxa é de R$ 85.

Os candidatos de baixa renda ou que estão no último ano do ensino médio em escola pública podem solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem. Os pedidos são recebidos em abril, também pela internet.

Como são as provas do Enem

O Enem é realizado no mês de novembro, em dois domingos consecutivos, sendo o primeiro dia com duração total de 5h30, e o segundo, com 5h. Os portões são fechados às 13h e as provas começam às 13h30 (horário de Brasília).

O exame é dividido em quatro áreas do conhecimento, e a disciplina de Português fica na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Há também uma prova de redação.

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira — Inglês ou Espanhol —, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação);
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia);
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia);
  • Matemática e suas Tecnologias.

As provas do Enem são divididas da seguinte forma:

1º dia:

  • 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos;
  • 45 questões objetivas de Ciências Humanas;
  • Redação.

2º dia:

  • 45 questões objetivas de Ciências da Natureza;
  • 45 questões objetivas de Matemática.

Veja também: A prova do Enem na prática

→ Gabarito

O gabarito oficial do Enem é divulgado pelo Inep na quarta-feira seguinte ao último dia de provas. As respostas são utilizadas apenas para conferência dos participantes, com caráter pedagógico, não cabendo recursos. Já o espelho da redação é liberado somente em março, também sem possibilidade para recorrer da correção.

→ Resultado

O resultado do Enem para os concluintes do ensino médio e para quem já terminou os estudos costuma ser divulgado em janeiro do ano subsequente à sua realização. As notas dos treineiros — estudantes de outras séries que fazem as provas para treinamento — são liberadas em março.

→ O que fazer com as notas do Enem?

As notas do Enem são utilizadas principalmente no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), plataforma virtual do Ministério da Educação (MEC) que substitui o vestibular de diversas universidades públicas e institutos federais.

Além disso, a pontuação do exame também é critério para bolsas de estudos do Programa Universidade Para Todos (Prouni) e para financiar cursos superiores pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background