Derivação regressiva

Por Elivelto Cardoso e Silva

Derivação regressiva é o processo de formação de palavras em que um vocábulo é formado com base no radical de outro, havendo redução morfológica da palavra derivante.

Vários bloquinhos de madeira, contendo as letras do alfabeto, amontoados sobre uma superfície plana.
A derivação regressiva é o processo de formação de palavras no qual verbos perdem morfemas.

A derivação regressiva é o nome de um processo de formação de palavras que consiste em formar um vocábulo com base no radical de outro. Nesse sentido, nesse tipo de derivação, há redução de parte da palavra derivante para gerar uma nova. Nesse processo de formação de palavras, o radical verbal é acompanhado por desinências nominais específicas para a formação de substantivos.

Veja também: Substantivo derivado — o substantivo formado de outro substantivo

Resumo sobre derivação regressiva

  • Derivação regressiva é um processo de formação de palavras.

  • Ocorre quando há redução morfológica da palavra derivante.

  • Por se tratar de regressão morfológica de verbos, os substantivos formados por esse tipo de derivação são classificados como deverbais.

  • Resulta em substantivos abstratos.

  • No seu processo, os radicais verbais não são mais acompanhados de vogal temática e de partícula de infinitivo, mas das desinências nominais -a, -o ou -e.

O que é a derivação regressiva?

A derivação regressiva, ao contrário de outros processos de derivação, não se constitui pelo acréscimo de prefixos ou de sufixos a um radical. Desse modo, ela ocorre quando há regressão morfológica em algum verbo.

Esse processo acontece na criação dos substantivos classificados como deverbais, pois derivam de verbos. Geralmente, a derivação regressiva resulta na formação de substantivos abstratos. Além disso, destaca-se que os substantivos deverbais são formados pela junção de desinências nominais específicas, -o, -a ou -e, ao radical verbal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos de derivação regressiva

Abaixo, estão listados alguns casos de derivação regressiva de verbos que sofrem regressão morfológica para a formação de substantivos abstratos:

Verbos

Substantivos deverbais

Demorar

Demora

Engasgar

Engasgo

Atrasar

Atraso

Tossir

Tosse

Mergulhar

Mergulho

Dançar

Dança

Embarcar

Embarque

Resgatar

Resgate

Chorar

Choro

Pescar

Pesca

Combater

Combate

Desmontar

Desmonte

Fugir

Fuga

Gargarejar

Gargarejo

Bocejar

Bocejo

Sustentar

Sustento

Errar

Erro

Perceba que, no processo de derivação regressiva, os verbos sofrem a perda morfológica da vogal temática e da desinência de infinitivo. Enquanto isso, no substantivo deverbal abstrato, prevalecem as desinências nominais -a, -o ou -e, que acompanham o radical verbal e formam um novo vocábulo.

Outras derivações

Há, além da derivação regressiva, outras derivações morfológicas, como a prefixal, a sufixal, a parassintética e a imprópria. Veja cada uma delas a seguir.

Derivação prefixal

Ocorre quando um prefixo é posicionado junto à palavra primitiva ou colocado como último elemento de uma palavra que já havia sofrido algum processo de formação.

Exemplos:

super- + homem = super-homem

super- + humano = super-humano

Derivação sufixal

Ocorre quando um sufixo é posicionado junto à palavra primitiva ou como último elemento de uma palavra que já sofreu algum processo de formação.

Exemplos:

pincel + -ada = pincelada

descobrir + -mento = descobrimento

Derivação parassintética

Acontece quando existe acréscimo simultâneo de prefixo e de sufixo a uma palavra primitiva.

Exemplos:

envelhecer (en + velho + ecer)

amanhecer (a + manhã + ecer)

Derivação imprópria

Ocorre quando há mudança de classificação morfológica de uma palavra, a depender do contexto.

Exemplos:

Aquela blusa é velha? (adjetivo) / Velha, você me ama? (substantivo)

Tenho sete filhos. (numeral) / O sete é um numeral cardinal. (substantivo)

Saiba mais: Composição — o processo de formação de palavras no qual há a junção de palavras já existentes

Exercícios resolvidos sobre derivação regressiva

Questão 1

Marque a alternativa cujas palavras tenham sido formadas pelo processo de derivação regressiva:

A) desobedecer, desacatar, viajante.

B) destelhar, infiltrar, consequentemente.

C) desarmonia, pluma, atordoado.

D) gosto, comemoração, desentender.

E) choro, amasso, agito.

Resolução:

Alternativa E

Ao contrário das outras alternativas, a E é a única que apresenta todos os vocábulos formados por derivação regressiva: choro (chorar), amasso (amassar), agito (agitar).

Questão 2

A formação dos vocábulos em destaque na expressão “o choro e o grito foram ouvidos por muito tempo” é classificada como:

A) composição por justaposição

B) derivação regressiva

C) derivação prefixal

D) derivação sufixal

E) palavra primitiva

Resolução:

Alternativa D

Os vocábulos em destaque são substantivos deverbais formados pela derivação regressiva que os verbos “chorar” e “gritar” sofreram.

Mais procurados

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Vanguardas europeias

Aprenda o que são as vanguardas europeias

Pretérito perfeito

Conheça mais sobre o pretérito perfeito, tempo verbal que expressa ações passadas.

Surrealismo

Veja sobre o movimento artístico surgido na Europa em 1919.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Mais procurados background