O Ofício - Uma modalidade veiculada pelo serviço público

Por Vânia Maria do Nascimento Duarte

Imagine se você, na qualidade de diretor de uma determinada escola, estivesse promovendo um evento relacionado a uma mostra cultural. Infelizmente o espaço físico não comporta todo um contingente de pessoas esperado para o evento e não dispõe de recursos tecnológicos, como telão, data-show, microfone, entre tantos outros, com vistas a colaborar na qualidade das apresentações. Mas algo indica que você pode contar com recursos que lhe são favoráveis, como por exemplo, um local destinado somente para esta finalidade, pertencente à Prefeitura. Será que apenas um simples telefonema, ou um e-mail talvez, atenderiam aos seus anseios?

Obviamente que não, pois o pedido em questão teria que, necessariamente, ser redigido em papel timbrado pela escola, pautando-se em um discurso claro, objetivo e formal com vistas a especificar todos os objetivos que se espera mediante o envio do referido documento. De modo a concretizá-los, eis que segue um exemplo sobre como este deveria ser expresso. Observe:
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Local e data - Belo Horizonte, 23 de março de 2010.

Vocativo – este requisitará o pronome de tratamento adequado ao cargo ocupado pelo destinatário – Excelentíssimo Secretário Municipal de Cultura

Introdução (explicação do assunto)

A Escola Estadual Dom Fernando, juntamente com alunos e quadro de colaboradores, organizou uma mostra cultural referente aos anos 80. O evento contará com apresentações artísticas envolvendo dramaturgia e dança, bem como exposição literária referente ao mesmo período.

Desta forma, solicitamos a permissão de V. Exª no intento de utilizarmos o Centro Cultural Cora Coralina para a realização do evento.

Certos de contarmos com sua atenção, subscrevemo-nos atenciosamente,

--------------------------
(Assinatura do diretor)

Ao Excelentíssimo Senhor Secretário Municipal de Cultura da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte


 

Mais procurados

Coco, côco ou cocô?

Coco”, “côco” e “cocô” são palavras que causam bastante dúvida na escrita. Estão corretas apenas “coco” e “cocô”.

Liev Tolstói

Ele é um dos principais nomes do realismo em seu país e escreveu livros famosos, como os romances Guerra e paz e Anna Karenina.

Ultrarromantismo

O Ultrarromantismo é um movimento literário que corresponde à segunda fase romântica das literaturas portuguesa e brasileira.

Vim ou vir?

Tanto a forma “vim” quanto a forma “vir” estão corretas, mas cada uma delas é usada em situações específicas.

Memórias póstumas de Brás Cubas

Memórias póstumas de Brás Cubas é o primeiro romance realista de Machado de Assis

Mais procurados background