Verbos regulares

Por Guilherme Viana

Verbos regulares são aqueles que seguem a conjugação padrão esperada para os verbos, dentro de uma lógica que não apresenta mudança ou formas irregulares nas suas conjugações.

Os verbos regulares apresentam uma padronização em sua flexão.
Os verbos regulares apresentam uma padronização em sua flexão.

Verbos regulares têm conjugação dentro do padrão típico esperado para os verbos, sem grandes alterações. Esses verbos mantêm o radical sem alteração e apresentam a mesma estrutura básica para as desinências.

Veja também: Verbos abundantes – aqueles que têm mais de uma forma aceita em certas conjugações

Resumo sobre verbos regulares

  • Verbos regulares são aqueles que seguem uma mesma lógica básica em sua conjugação.

  • Os verbos regulares não apresentam alteração no radical de sua palavra.

  • As desinências dos verbos regulares seguem um padrão bem estruturado e previsível.

  • Além de regulares, os verbos podem ser classificados como irregulares, anômalos, defectivos ou abundantes.

Videoaula sobre verbos regulares

Conceito de verbos regulares

Os verbos regulares são aqueles que seguem a forma padrão de conjugação esperada para os verbos. Em suas conjugações, esses verbos mantêm o radical inalterável, enquanto a desinência muda de acordo com o padrão esperado típico de conjugação verbal. Veja o exemplo a seguir:

CANT A R

radical + vogal temática + desinência

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O verbo “cantar” é regular por suas formas verbais seguirem a mesma lógica dos verbos regulares, sem exceções, ou seja, o radical permanece sem alterações e a desinência muda de acordo com o mesmo padrão. Veja nos exemplos abaixo:

  • Nós cantamos no mesmo coral.

  • Eu cantava muito quando criança.

Perceba que a desinência se altera de acordo com o tempo (presente, passado, futuro) e o modo verbal (indicativo, subjuntivo, imperativo) da conjugação, e de acordo com a pessoa que é o sujeito do verbo (1ª, 2ª ou 3ª pessoa). A mudança na desinência segue um padrão que é igual para todos os verbos regulares. Veja nos exemplos abaixo:

  • Nós estudamos na mesma escola.

  • Eu estudava muito quando criança.

Conheça mais alguns verbos regulares. Note que os seus respectivos radicais serão mantidos, enquanto as desinências seguirão o mesmo padrão de mudança.

1ª conjugação
-ar

2ª conjugação
-er

3ª conjugação
-ir

acordar

beber

abrir

amar

comer

cumprir

estudar

correr

decidir

parar

escrever

dividir

perdoar

morrer

existir

precisar

receber

partir

pular

responder

permitir

terminar

viver

surgir

Leia também: O que são verbos reflexivos?

Conjugação dos verbos regulares

Os verbos regulares seguirão o mesmo padrão de conjugação: o radical será mantido, enquanto a desinência se altera de acordo com o tempo e o modo verbal, e de acordo com a pessoa que é o sujeito do verbo. Veja alguns exemplos com cada tipo de verbo.

  • Verbos terminados em -ar

Veja quais são algumas desinências para os verbos terminados em -ar nos tempos e modos verbais elencados abaixo.

 

desinência de verbos terminados em -ar

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

-ei

-e

 

tu

-ás

-es

-a

ele/ela

-e

-e

nós

-emos

-emos

-emos

vós

-eis

-eis

-ai

eles/elas

-ão

-em

-em

O verbo “falar” é um exemplo de verbo regular de 1ª conjugação. Note como a terminação segue o padrão dos verbos regulares.

 

verbo “falar”

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

falarei

fale

-

tu

falarás

fales

fala

ele/ela

falará

fale

fale

nós

falaremos

falemos

falemos

vós

falareis

faleis

falai

eles/elas

falarão

falem

falem

  • Verbos terminados em -er

Veja quais são algumas desinências para os verbos terminados em -er nos tempos e modos verbais elencados abaixo.

 

desinência de verbos terminados em -er

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

-ei

-a

 

tu

-ás

-as

-e

ele/ela

-a

-a

nós

-emos

-amos

-amos

vós

-eis

-ais

-ei

eles/elas

-ão

-am

-am

Um dos verbos regulares de 2ª conjugação é o verbo “aprender”. Note como a terminação segue o padrão dos verbos regulares.

 

verbo “aprender”

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

aprenderei

aprenda

-

tu

aprenderás

aprendas

aprende

ele/ela

aprenderá

aprenda

aprenda

nós

aprenderemos

aprendamos

aprendamos

vós

aprendereis

aprendais

aprendei

eles/elas

aprenderão

aprendam

aprendam

  • Verbos terminados em -ir

Veja quais são algumas desinências para os verbos terminados em -ir nos tempos e modos verbais elencados abaixo.

 

desinência de verbos terminados em -ar

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

-ei

-a

 

tu

-ás

-as

-a

ele/ela

-a

-e

nós

-emos

-emos

-emos

vós

-eis

-eis

-i

eles/elas

-ão

-em

-em

O verbo “dividir” é um dos verbos regulares de 3ª conjugação. Note como a terminação segue o padrão dos verbos regulares.

 

verbo “dividir”

 

indicativo

subjuntivo

imperativo

 

futuro do presente

presente

afirmativo

eu

dividirei

divida

-

tu

dividirás

dividas

divide

ele/ela

dividirá

divida

divida

nós

dividiremos

dividamos

dividamos

vós

dividireis

dividais

dividi

eles/elas

dividirão

dividam

dividam

Leia também: Verbos anômalos – aqueles que, ao serem conjugados, sofrem alteração em seus radicais

Quais as diferenças entre verbos regulares e irregulares?

Os verbos regulares apresentam uma mesma estrutura padrão nas suas conjugações, sem variações. Os verbos irregulares, no entanto, são aqueles que, em algumas de suas formas verbais, fogem do padrão esperado para a conjugação, apresentando alteração no radical ou na desinência do verbo. Essas alterações tornam a conjugação irregular, fazendo com que apresente certas diferenças em algumas de suas formas verbais.

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (Ceperj - adaptado)

Empregam-se somente formas verbais regulares em:

A) “com os recursos da seguridade social, o governo também paga os benefícios previdenciários dos servidores públicos federais”

B) “um mito a afirmação de que há um descontrole nas despesas com pessoal”

C) “Os tributos que mais contribuíram para essa queda de arrecadação foram a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social”

D) “O Brasil não foi poupado da crise financeira internacional, contudo, foi um dos últimos atingidos”

E) “Uma questão importante a ser destacada é que as medidas de desonerações tributárias sejam adotadas”

Resolução

Alternativa A. O único verbo da alternativa é “pagar”, que é um verbo regular.

Questão 2 - (Ceperj - adaptado)

Os verbos regulares são aqueles que apresentam radical invariável e suas terminações são coincidentes com a maioria dos verbos da mesma conjugação. A alternativa em que os verbos são regulares é:

A) “O que pode nos interessar é a frase emitida pela agência”

B) “Não sei se Lilia Cabral já fez publicidade de massa de rejunte”

C) “ninguém a quererá, ninguém dirá para ela ai se eu te pego!”

D) “Se não vier em roupa de gala, se não avançar no red carpet”

E) “para criar imagens conformes a ela e aos desejos que a habitam”

Resolução

Alternativa E. Os verbos “criar” e “habitar” são regulares. Nas demais alternativas, há presença de verbos de outras classificações.

Mais procurados

Uso dos porquês

Conte com o artigo para não errar mais o uso dos porquês.

Hiato

Saiba como separar as sílabas das palavras que possuem hiato.

Vogal temática

Toda palavra possui uma vogal temática: mito ou verdade?

Complementos verbais

Que tal fazer uma revisão sobre complementos verbais agora?

Carteira de Estudante no Brasil Escola

Acesse e saiba como solicitar a sua carteirinha de estudante Brasil Escola. É rápido e fácil!

Mais procurados background