Você está aqui:
  1. Página Inicial
  2. Gramática
  3. Morfologia
  4. Verbos anômalos

Morfologia

Texto:

Verbos anômalos



Verbos anômalos são aqueles que, ao serem conjugados, sofrem alteração em seus radicais. Na língua portuguesa, existem dois verbos anômalos: “ir” e “ser”. Assim, o verbo “ir” pode manter seu radical “i-” em “Eu irei”, mas apresentar irregularidade em “Eu vou”. Já o verbo “ser” pode manter seu radical “s-” em “Ele será”, mas apresentar irregularidade em “Ele é”, por exemplo.

Leia mais: Pronomes pessoais oblíquos – pronomes utilizados como complementos verbais

Exemplos de verbos anômalos

Os verbos anômalos são um fenômeno linguístico.
Os verbos anômalos são um fenômeno linguístico.

Observe que, em todos os exemplos, os verbos “ir” e “ser” não mantêm o radical na conjugação, ou seja, “i-” e “s-”:

  • Ele é um corredor e vai em busca da vitória.
  • Josephine Baker era cantora e compositora.
  • Em julho, fomos à fazenda comemorar meu aniversário.
  • Somos fãs de Sylvia Rivera.
  • Foram eles que começaram a briga, eu só me defendi.
  • Quando for a São Paulo, visite sua mãe.
  • Nikola Tesla é genial.
  • Se eu fosse você, ficava quietinho.

Conjugação dos verbos anômalos

Os verbos anômalos apresentam radicais diferentes no momento de sua conjugação. O radical é a parte principal de uma palavra, é responsável, portanto, pelo seu significado. Com base nesse radical, outras palavras vão sendo formadas, como as palavras “belo”, “bela”, “beleza” e “belezura”, cujo radical é “bel-”.

Na língua portuguesa, existem apenas dois verbos anômalos:

  • Ir

Indicativo

Presente

Pretérito perfeito

Pretérito imperfeito

Eu vou

Tu vais

Ele, ela vai

Nós vamos

Vós ides

Eles, elas vão

Eu fui

Tu foste

Ele, ela foi

Nós fomos

Vós fostes

Eles, elas foram

Eu ia

Tu ias

Ele, ela ia

Nós íamos

Vós íeis

Eles, elas iam

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Eu fora

Tu foras

Ele, ela fora

Nós fôramos

Vós fôreis

Eles, elas foram

Eu irei

Tu irás

Ele, ela irá

Nós iremos

Vós ireis

Eles, elas irão

Eu iria

Tu irias

Ele, ela iria

Nós iríamos

Vós iríeis

Eles, elas iriam

Subjuntivo

Presente

Pretérito imperfeito

Futuro

[que] Eu

[que] Tu vás

[que] Ele, ela

[que] Nós vamos

[que] Vós vades

[que] Eles, elas vão

[se] Eu fosse

[se] Tu fosses

[se] Ele, ela fosse

[se] Nós fôssemos

[se] Vós fôsseis

[se] Eles, elas fossem

[quando] Eu for

[quando] Tu fores

[quando] Ele, ela for

[quando] Nós formos

[quando] Vós fordes

[quando] Eles, elas forem

Imperativo

Infinitivo

Afirmativo

Negativo

Pessoal

­———

Vai tu

você

Vamos nós

Ide vós

Vão vocês

———

Não vás tu

Não vá você

Não vamos nós

Não vades vós

Não vão vocês

[por] Eu ir

[por] Tu ires

[por] Ele, ela ir

[por] Nós irmos

[por] Vós irdes

[por] Eles, elas irem 

  • Ser

Indicativo

Presente

Pretérito perfeito

Pretérito imperfeito

Eu sou

Tu és

Ele, ela é

Nós somos

Vós sois

Eles, elas são

Eu fui

Tu foste

Ele, ela foi

Nós fomos

Vós fostes

Eles, elas foram

Eu era

Tu eras

Ele, ela era

Nós éramos

Vós éreis

Eles, elas eram

Pretérito mais-que-perfeito

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Eu fora

Tu foras

Ele, ela fora

Nós fôramos

Vós fôreis

Eles, elas foram

Eu serei

Tu serás

Ele, ela será

Nós seremos

Vós sereis

Eles, elas serão

Eu seria

Tu serias

Ele, ela seria

Nós seríamos

Vós seríeis

Eles, elas seriam

Subjuntivo

Presente

Pretérito imperfeito

Futuro

[que] Eu seja

[que] Tu sejas

[que] Ele, ela seja

[que] Nós sejamos

[que] Vós sejais

[que] Eles, elas sejam

[se] Eu fosse

[se] Tu fosses

[se] Ele, ela fosse

[se] Nós fôssemos

[se] Vós fôsseis

[se] Eles, elas fossem

[quando] Eu for

[quando] Tu fores

[quando] Ele, ela for

[quando] Nós formos

[quando] Vós fordes

[quando] Eles, elas forem

Imperativo

Infinitivo

Afirmativo

Negativo

Pessoal

———

tu

Seja você

Sejamos nós

Sede vós

Sejam vocês

———

Não sejas tu

Não seja você

Não sejamos nós

Não sejais vós

Não sejam vocês

[por] Eu ser

[por] Tu seres

[por] Ele, ela ser

[por] Nós sermos

[por] Vós serdes

[por] Eles, elas serem 

Veja também: O que são verbos dicendi?

Verbo “ir” e verbo “ser”

Os verbos “ir” e “ser” são os únicos verbos anômalos da língua portuguesa. “Ir” é um verbo intransitivo e indica movimento. Já “ser” é um verbo de ligação e caracteriza os seres. No entanto, esses verbos não apresentam irregularidades em todos os tempos. No pretérito imperfeito do indicativo, no futuro do presente, no futuro do pretérito e no infinitivo pessoal, o verbo “ir” mantém seu radical:

Indicativo

Infinitivo

Pretérito imperfeito

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Pessoal

Eu ia

Tu ias

Ele, ela ia

Nós íamos

Vós íeis

Eles, elas iam

Eu irei

Tu irás

Ele, ela irá

Nós iremos

Vós ireis

Eles, elas irão

Eu iria

Tu irias

Ele, ela iria

Nós iríamos

Vós iríeis

Eles, elas iriam

[por] Eu ir

[por] Tu ires

[por] Ele, ela ir

[por] Nós irmos

[por] Vós irdes

[por] Eles, elas irem  

O verbo “ir” também mantém o radical na segunda pessoa do plural, no presente do indicativo — Vós ides — e no imperativo afirmativo — Ide vós. Já o verbo “ser”, se considerarmos seu radical “s-”, não apresenta irregularidades no presente do indicativo, nas formas “Eu sou”, “Nós somos”, “Vós sois”, “Eles, elas são”, como também não apresenta irregularidades no futuro do presente, no futuro do pretérito, no presente do subjuntivo, no imperativo afirmativo e negativo e no infinitivo pessoal:

Indicativo

Subjuntivo

Futuro do presente

Futuro do pretérito

Presente

Eu serei

Tu serás

Ele, ela será

Nós seremos

Vós sereis

Eles, elas serão

Eu seria

Tu serias

Ele, ela seria

Nós seríamos

Vós seríeis

Eles, elas seriam

[que] Eu seja

[que] Tu sejas

[que] Ele, ela seja

[que] Nós sejamos

[que] Vós sejais

[que] Eles, elas sejam

Imperativo

Infinitivo

Afirmativo

Negativo

Pessoal

———

tu

Seja você

Sejamos nós

Sede vós

Sejam vocês

———

Não sejas tu

Não seja você

Não sejamos nós

Não sejais vós

Não sejam vocês

[por] Eu ser

[por] Tu seres

[por] Ele, ela ser

[por] Nós sermos

[por] Vós serdes

[por] Eles, elas serem 

Exercícios resolvidos

Questão 1 - Marque a alternativa em que se verifica a irregularidade do verbo anômalo “ir”.

a) Naquele tempo, ela ia à faculdade em seu velho fusca branco.

b) Estava calmo quando foi ao tribunal para depor no tal processo.

c) Iríamos definitivamente para Portugal e não voltaríamos mais.

d) Fomos criticados por irmos ao show de cantora tão polêmica.

e) Não adianta nem chorar nem espernear, irei à festa sozinho.

Resolução

Alternativa B. “Foi” é uma forma irregular de conjugação do verbo “ir”.

Questão 2 - Marque a alternativa em que se verifica a irregularidade do verbo anômalo “ser”.

a) Era uma vez um patinho feio, que, na verdade, era um belo cisne.

b) Mas será que você não tem nem um pouco de consciência ética?

c) Não importa quem seja a escolhida, ambas merecemos o prêmio.

d) Acho que seria muito hipócrita se dissesse que ainda gosto de você.

e) Por sermos inteligentes, optamos por não apoiar esse tipo de ideia.

Resolução

Alternativa A. “Era” é uma forma irregular de conjugação do verbo “ser”.


Por: Warley Souza